A+ A-

Kit para dados abertos Implementando uma política de dados abertos

Processo sistêmico de um Plano de Dados Abertos - PDA

Diagrama do processo sistêmico de um plano de dados abertos

O processo sistêmico ganhou esse nome por incluir, em um nível macro, todas as atividades com que uma instituição deve se atentar para implementar uma política de dados abertos. Nesse processo se destaca o Plano de Dados Abertos como documento central onde são publicizados os compromissos e prazos para execução.

Abaixo segue um detalhamento das etapas envolvidas nesse processo:

Apresentar a política de dados abertos

Apresentar a política de dados abertos e motivação de criação do PDA para alcançar alinhamento com líder da instituição. Motivações como essas são apresentadas aos responsáveis, bem como o alinhamento político sobre a criação do PDA é retomado.

Mediada pelo responsável pela política central de dados abertos.

Próximo passo: Definir ponto focal

Definir ponto focal para coordenar o trabalho

Definir ponto focal na instituição para coordenar a elaboração do PDA. Essa pessoa é quem interage com as outras organizações e com a INDA no sentido de trocar experiências e alinhar a política de dados abertos.

Perfil:

Próximos passos:

Processo Piloto Ágil

Iniciar piloto ágil de abertura de um conjunto de dados (opcional). O Objetivo do piloto é a equipe experimentar, de forma muito rápida, todo o processo de publicação de dados abertos. Isso dá uma noção do escopo da publicação de dados abertos, ajudando na tomada de decisões durante as próximas atividades de abertura.

Identificação dos representantes nos setores estratégicos

Identificação de reprensentantes nos seguintes setores da instituição:

Esses representantes possuem todo o conhecimento necessário para a criação de um PDA realista e factível, o SIC sabe por exemplo quais dados são mais pedidos, o gestor de TI sabe por exemplo quais dados são mais rápidos de extrair e quais podem oferecer dificuldade, etc.

Próximo passo: Iniciar Oficina para construção do PDA da instituição

Oficina para construção do PDA da instituição

Realização da Oficina para construção do PDA seguindo roteiro no Anexo II do Manual para elaboração de PDA. A oficina tem dois momentos:

  1. Alinhamento de conceitos sobre o tema, demonstrando não só a questão normativa, como também de que maneira os mecanismos de transparência vêm se consolidando.
  2. Momento de construção do PDA, no qual são apresentados os conceitos presentes neste Kit e iniciado o planejamento.

Próximo passo: Plano de ação para elaboração do PDA

Plano de ação para elaboração do PDA

Plano de ação para elaboração do PDA da instituição. Esse plano nada mais é que um cronograma de reuniões nas quais todos os representantes precisam estar presentes para dar continuidade à produção do Plano. No Ministério do Planejamento, por exemplo, foi reaproveitado o comitê de TI, que já possuia presença de todas as áreas de negócio e a área de TI.

Próximo passo: Iniciar processo de Elaboração do PDA

Processo de Elaboração do PDA

Elaboração do Plano de Dados Abertos (Processo iterativo)

Próximos passos:

Revisão do PDA

Convocação de todos envolvidos para etapa de revisão do PDA.

Essa é uma atividade recorrente que pode ter periodicidade, por exemplo, de uma vez por ano. Seu intuito é fazer, além das reuniões de monitoramento e controle das metas, uma revisão no plano como um todo, avaliando se a organização deveria fazer alguma mudança relevante no plano.

Próximo passo: Iniciar processo de Elaboração do PDA (revisão do PDA)

Publicação do PDA

Publicar o PDA no sítio da instituição, nos formatos HTML e PDF, na página exemplo.gov.br/aberto da instituição (exemplo).

Recomenda-se, antes da publicação, realizar uma consulta pública do documento (por exemplo, utilizando a plataforma participa.br). Após a consulta pública, realizar ajustes no documento com o que for pertinente, considerando as contribuições da sociedade.

É importante formalizar a publicação do plano, por exemplo, por meio de portaria.

Execução do PDA

Execução do Plano de Dados Abertos. Dispara vários processos de abertura de dados, como previsto no cronograma do PDA.